rumo

filme digital

30min.

16:9 - cor - som

2001-2014

 

Acervo Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul

 

O filme Rumo, de André Severo, foi originado pelo reencontro do artista com imagens capturadas ao longo de duas décadas, em diferentes viagens ao Litoral Sul. O filme incorpora registros produzidos por câmeras diferentes ao longo dos anos, em situações e períodos distintos. Assim como as fotografias da série Rumo, a maioria das imagens presentes no filme não foram produzidas com a intenção de materializar um resultado formal imediato e serviam, antes, como uma maneira de reter imagens da paisagem para tentar entender as razões pelas quais os criadores do projeto Areal sentiam-se tão fortemente atraídos pela região. Resultante da redescoberta de uma coleção de imagens esquecidas, Rumo proporciona uma imersão hipnótica na paisagem originária de Areal, a que André Severo e Maria Helena Bernardes parecem ciclicamente retornar.