areal

Criado por André Severo, Cláudia Vieira, Grady Gerbracht e Paula Krause o projeto Lomba Alta foi desenvolvido a partir da experiência de seus criadores em programas de residência ao redor do mundo e das discussões geradas sobre a importância, para a formação e produção artística e cultural abrangente, da circunstância de deslocamento contextual e de confrontação cultural passíveis de serem geradas pelo modelo da residência de artistas. Concebido dentro de um contexto, cada vez mais corrente no campo circunscrito das artes visuais contemporâneas, que acaba por forçar a aparição de associações de artistas e pensadores que se sentem impelidos a colocar em discussão seu panorama social e cultural imediato e realizar experiências que possibilitem que artistas criem e formalizem suas próprias instituições e provoquem deslocamentos não somente na forma como também nas instâncias de disseminação de pensamentos artísticos, o projeto, no período de dois anos em que se manteve ativo, buscou oferecer-se como opção para ampliar as discussões acerca da polifurcação de rotas da cultura brasileira.