Consciência errante

André Severo 

 

Editora: Escrituras

Ano de publicação: 2004

ISBN: 85-7531-150-6

Nº. de páginas: 170

Dimensões: 16 X 23 cm

Documento Areal 5

O leitor de Consciência errante é convidado a traçar, por meio de cogitações oblíquas e dissipações enviesadas, o caminho encruzilhado por André Severo ao longo de Migração, experiência desenvolvida pelo autor em Areal e constituída da transmutação de parcelas de matéria provenientes de uma região inóspita para o terreno movediço da investigação artística.

Após cumprir roteiro de um ano de viagens em que transmutou parcelas de solo escavado de diferentes pontos da metade sul do Rio Grande do Sul, tendo como ponto de partida seu atelier, em Porto Alegre, André Severo retornou à cidade para encerrar a ação, soterrando doze porções de resíduo em igual número de buracos, conservados abertos em seu atelier durante aquele ano. O gesto selou também o fechamento definitivo do local de trabalho do artista.

Além da reprodução parcial de registro fotográfico da ação, o quinto volume da série Documento Areal, compõe-se de textos redigidos durante um ciclo de intervenções de caráter bruto e braçal (escavações, enterro e transporte de resíduos), intercalados por profundos mergulhos reflexivos, fundadores desses ensaios, sorte de arqueologia inexata em torno da ideia de erradicação.